top of page

Surtada, brincou

Absorta, pelo parque caminhou

Encantada, a copa das árvores admirou

Distraída, em um galho solto tropeçou

Precavida, no banco à beira do caminho se sentou

Cuidadosa, o cordão dos tênis novamente amarrou

Assombrada, uma argola de ouro no meio fio avistou


Curiosa, a bela joia perdida examinou

Surpresa, um pingente de crucifixo nela reparou

Pensativa, com quem estaria o par imaginou

Iludida, uma mulher delicada fantasiou

Precipitada, uma jovem idealizou

Obstinada, uma devota procurou

Desvairada, todas as visitantes do parque observou


Conformada, uma água de coco comprou

Abismada, o dono do par encontrou

Envergonhada, seu preconceito confessou

50 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Publicações
bottom of page